A ABRACOPEL COMEMORA A PUBLICAÇÃO DA ABNT NBR 16384-2020: A NORMA TÉCNICA DE SEGURANÇA EM ELETRICIDADE

No dia 18/03, após quase 10 anos de um trabalho árduo, capitaneado pela ABRACOPEL, foi publicada a norma técnica ABNT NBR 16384 – 2020 – Segurança em eletricidade – Recomendações e orientações para trabalho seguro em serviços em eletricidade. Esta norma começou a ser discutida no final de 2010 sendo publicada finalmente na última semana.

ABNT NBR 16384 NBR16384 Segurança em eletricidade — Recomendações e

Apesar de haver um regulamento (NR-10), que versa sobre o tema e deve ser aplicado em serviços com eletricidade, esta norma traz os anseios da Abracopel e da sociedade, para que sejam aplicadas corretamente as boas práticas de segurança, e que possa oferecer recomendações e orientações mais aprofundadas na decisão sobre a melhor forma de garantir a segurança de pessoas e animais.

Desde o início, o objetivo da norma era claro em fornecer orientações e recomendações “adicionais” para operação e realização de serviços em instalações elétricas ou em suas proximidades, com o objetivo de garantir a segurança das pessoas e trabalhadores. O texto também oferece informações que permitem elaborar um programa eficiente de segurança em eletricidade para execução de serviços, bem como, organizar os aspectos humanos na intervenção destas instalações por meio de um sistema de gerenciamento. O texto inclui também informações para profissionais que atuem em serviços “não elétricos” na zona livre, ou em instalações totalmente desenergizadas, de forma que estes serviços (limpeza, reparos em infraestrutura civil etc.) sejam realizados com segurança e que haja garantia de que o sistema não seja reenergizado durante a operação, e portanto se mantenham seguros.

Dois pontos específicos podemos citar com relação a esta norma. Primeiro, ela fornece informações para elaboração de:

  • Memorial descritivo do projeto e das intervenções;
  • Procedimentos de serviços de operação e manutenção, reparo e substituições;
  • Requisitos de qualificação e experiência na aprovação dos serviços com risco e técnicas de análise de risco nas operações, e;
  • Procedimentos para intervenção nas instalações elétricas.

E segundo, apresenta a preocupação e orientação para que as técnicas de investigação de acidentes utilizadas pelos profissionais de segurança do trabalho possam levar em consideração:

  • Fatores físicos – falha nos equipamentos, componentes ou instalação;
  • Fatores humanos – falha nas ações ou intervenções humanas por falta de conhecimento ou despreparo dos profissionais envolvidos no acidente;
  • Fatores sistêmicos ou gerenciais – falha da gestão dos fatores físicos e humanos.
  • Fatores ambientais – são os que podem influenciar nos fatores físicos caso não seja objeto de planejamento, como iluminação, sol, chuva e animais, peçonhentos ou não

Observa-se que, normalmente, a investigação de um acidente usa somente a avaliação técnica quanto aos fatores físicos.

👉🏻 O texto publicado, é dividido em 9 capítulos e 5 anexos, sendo:

  1. Escopo
  2. Referências Normativas
  3. Termos e definições
  4. Princípios gerais
  5. Procedimento padrão
  6. Procedimento de serviço
  7. Procedimento de segurança de manutenção
  8. Planejamento e atendimento à emergência e resgate
  9. Serviços em áreas classificadas

Anexo A – Orientações sobre distâncias no ar (isolação) para os procedimentos de trabalho elétrico seguro

Anexo B – Orientações complementares para o trabalho elétrico seguro

Anexo C – Orientação para procedimento de trabalho seguro para atmosferas explosivas de gás

Anexo D – Orientação para campanhas de segurança em serviços de eletricidade

Anexo E – Orientações para aplicação de vestimentas de proteção contra os efeitos térmicos de um arco elétrico

Bibliografia.

Este documento é uma grande vitória da Abracopel e de toda a sociedade brasileira. Leigos e profissionais, certamente, se beneficiarão da sua aplicação.

Fonte e credibilidade: https://abracopel.org/blog/noticias/a-abracopel-comemora-a-publicacao-da-abnt-nbr-16384-2020-a-norma-tecnica-de-seguranca-em-eletricidade/