Energia solar em posto de combustível. É viável?

A geração de energia solar em posto de combustível é algo totalmente viável devido à grande área de telhado disponível, o que pode reduzir os gastos com energia em 87% dependendo do caso. A seguir vamos detalhar como isso pode ser feito e os motivos pelos quais um posto deve gerar a própria energia.

Racionamento de energia – um fantasma que ainda ronda o Brasil

No início dos anos 2000, o Brasil passou por uma grande dificuldade devido a geração de energia elétrica ser insuficiente para atender à demanda de consumo.

Para evitar cortes de energia (os chamados “apagões”), o governo federal na época forçou todos os consumidores a fazer um racionamento “voluntário” por meio da implantação de faixas de consumo, cada uma com um acréscimo de tarifa de até 50% caso a meta de redução não fosse cumprida.

De acordo com o Tribunal de Contas da União (TCU), o custo total da crise energética foi de R$45,2 bilhões sendo que grande parte deste valor foi rateado entre as contas de energia dos consumidores.

Como o investimento na expansão da geração ainda está lento, o risco de um novo racionamento não pode ser descartado.

Para um posto de combustíveis, o qual trabalha num mercado com grande concorrência e onde a energia elétrica é um dos maiores custos, um novo racionamento como o de 2001 pode significar a falência.

A solução – Sistema de geração de energia solar fotovoltaica

Uma das alternativas para que o consumidor não seja pego pela armadilha do racionamento novamente é a implantação de um sistema próprio de geração de energia solar em posto de combustível.

De maneira simplificada, um sistema destes é composto por:

  • Painel fotovoltaico: responsável pela captação da energia do Sol e conversão em energia elétrica;
  • Inversor de frequência: responsável pela conversão da tensão contínua gerada pelo painel fotovoltaico em tensão alternada (110V, 220V ou 380V) utilizada pelos equipamentos elétricos tradicionais;
  • String box: responsável pela proteção do sistema caso algo anormal aconteça (curto circuito, queda de raios, sobrecarga, falha no inversor).

A energia elétrica é gerada durante o dia enquanto houver luz solar suficiente incidindo sobre os painéis solares e é injetada diretamente no quadro de distribuição existente da edificação, local onde o sistema é conectado por meio de disjuntor e cabos condutores.

A energia gerada vai depender da quantidade de painéis fotovoltaicos instalados. Num posto de combustível os painéis podem ser instalados sobre a grande cobertura da área de abastecimento e sobre o telhado da área administrativa e lojas de conveniência. Com isso, tem-se bastante espaço para captar a luz solar e convertê-la em energia elétrica.

Itens importantes para implantar sistema de geração de energia solar em posto de combustível

É importante lembrar que manter o sistema em ordem e cumprindo os procedimentos de segurança da concessionária de energia é responsabilidade do proprietário do sistema de geração de energia solar fotovoltaica.

É importante também verificar se a estrutura da cobertura e dos telhados suporta o peso dos painéis, bem como verificar o encaminhamento dos cabos de saída dos painéis a fim de evitar áreas classificadas (locais com presença ou possibilidade de presença de mistura inflamável).

Fonte e credibilidade: https://www.sonataengenharia.com.br/energia-solar-fotovoltaica-em-posto-de-combustivel-e-viavel/