O que é um patch panel e qual a importância de utilizá-lo?

Você sabe o que é patch panel? Manter a organização da estrutura de cabeamento de rede é fundamental para garantir a qualidade e a integridade dos dados. Porém, fazer isso pode ser um desafio para os profissionais que atuam no segmento.

Patch Panel 24 portas Cat.6 - Furukawa - ioRedes - Tudo para você montar  uma rede de computadores!

Para ajudar nessa difícil missão, é importante utilizar equipamentos que permitam que os cabos sejam devidamente identificados e organizados, para evitar danos aos demais componentes da rede, principalmente o switch.

Por isso, neste conteúdo, vamos explicar o que é um patch panel e por que ele é tão necessário. Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura do artigo de hoje para conferir!

O que é um patch panel?

O patch panel é um equipamento constituído de diversas portas de rede que permite uma melhor organização de todo o cabeamento. Sendo assim, todas as terminações são conectadas na parte traseira, de forma que nenhum cabo fique solto ou dependurado.

Os controles das portas em utilização ficam na parte frontal do equipamento. Por meio dos patch cords — cordões de manobra —, as portas podem ser habilitadas ou desabilitadas, conforme as necessidades de manejo.

Os patch panels são utilizados em duas situações:

  • cabeamento horizontal — quando ele faz a ligação entre os cabos que saem do rack de infraestrutura para os equipamentos de destino;
  • cabeamento vertical — quando ele faz a ligação entre dois racks.

Para que serve um patch panel?

De maneira simplificada, um patch panel tem a finalidade de evitar danos nas portas do switch. Para isso, ele exerce algumas funções, como veremos abaixo.

Intermediar a conexão e desconexão dos pontos de rede

A função principal de um patch panel é organizar as conexões de rede de forma a garantir que as ligações sejam feitas e desfeitas de forma adequada. Para isso, ele funciona como um equipamento intermediário entre o rack e os demais equipamentos.

A forma como ele é instalado e utilizado faz com que as alterações de portas sejam feitas de forma mais segura e confiável devido à identificação e organização dos cabos de rede. Assim, qualquer profissional autorizado a manejar as conexões será capaz de realizar remanejamentos sem causar danos ao equipamento e à rede como um todo.

Proteger as portas do switch contra queima

As portas do switch são frágeis e o manuseio incorreto delas pode causar alguns danos irreversíveis. O pior deles — e infelizmente muito comum — é a queima. Ela pode acontecer por diversos fatores, sendo um deles a ativação indevida de um ponto.

Como intermediador, o patch panel atua na prevenção de ligamentos e desligamentos indevidos dos pontos de rede. Por meio da organização e identificação de cada um deles, o profissional de rede tem mais segurança e confiabilidade para realizar as alterações necessárias, sem o risco de mexer no cabo errado.

Preservar a rede como um todo

Por estarem interligados, os equipamentos de rede acabam se tornando ainda mais frágeis no que tange aos danos. Portanto, ao realizar alterações em um único equipamento, você  pode afetar todos os outros aparatos conectados na mesma rede.

Por exemplo, se você precisa mudar um computador de lugar e, em consequência disso, precisar alterar um ponto de rede, isso pode gerar alguns problemas. Primeiramente, você precisa identificar qual porta do switch está sendo utilizada e de qual porta do rack está vindo o sinal. Depois, é preciso saber se existem outras portas em uso e quais não podem ser alteradas. E aí por diante.

Ou seja, uma única alteração influencia toda a rede. Se os cabos e as portas não estiverem devidamente identificados, você pode acabar desconectando um ponto importante e causando danos em um servidor que estava em plena atividade, ou até mesmo impactar outro switch e prejudicar diversos outros componentes da rede. Resumindo, sem organização, os danos podem ser muito grandes.

Por que usar um patch panel na estrutura de cabeamento da sua empresa?

Quando falamos sobre o que é um patch panel, uma dúvida frequente a respeito do assunto é: por que não fazer a ligação direta entre o rack e os equipamentos? Vamos responder a essa dúvida mostrando alguns benefícios importantes que o uso desse produto proporciona. Confira!

Mantém os cabos organizados

Qualquer tipo de cabeamento requer um mínimo de organização para garantir seu bom funcionamento. Uma situação bastante comum em pequenas redes de computadores é a existência de pontos de rede sem utilização. Até aqui, tudo certo. O problema começa quando esses cabos de rede ficam soltos, sem cuidado.

Com o patch panel, os cabos podem ficar conectados mesmo que não estejam em uso. Basta deixar as portas desativadas e, caso precisem ser utilizados, habilitá-las de forma simples e prática.

Além da organização, essa prática ajuda a identificar a capacidade ociosa de pontos de redes para fazer uma gestão mais precisa e otimizada.

Mantém os cabos devidamente identificados

O emaranhado de cabos de uma rede estruturada pode virar uma grande dor de cabeça se não estiver devidamente identificado. Afinal, como saber qual cabo está saindo de qual posição do rack e de onde vem o cabo que está conectado a determinado equipamento?

No momento da instalação do patch panel, os cabos são identificados de acordo com sua origem e destino. Dessa forma, sempre que houver a necessidade de saber a qual equipamento pertence cada um dos cabos, o profissional de rede não vai encontrar dificuldade.

Evita os prejuízos causados pelos danos ao switch

O switch não é um equipamento muito barato quando pensamos em todos os elementos de uma rede de computadores. Cada porta queimada é um ponto a menos disponível em sua rede. Sem contar nos casos em que várias são danificadas de uma vez só.

Com a proteção do patch panel, o switch fica menos exposto a danos e pode ser utilizado por muito mais tempo, proporcionando otimização do uso do equipamento e reduzindo os custos com manutenções e substituições.

Como instalar um patch panel?

Como você pôde conferir até agora, um patch panel é basicamente uma estrutura de montagem de rede frequentemente utilizada em empresas, indústrias e outros tipos de estabelecimentos comerciais, cuja função é conectar o cabeamento do rack de telecomunicações até as tomadas de telecomunicação, correto?

Agora que você já tem um conhecimento mais amplo sobre o que é um patch panel e por que ele é tão importante, é a hora de entender como funciona a sua instalação.

Certifique-se de seguir as normas específicas

O processo de instalação de um patch panel é mais simples do que possa parecer e é relativamente rápido, exigindo, primeiramente, que o profissional que for instalar esteja familiarizado com as ferramentas e com o funcionamento da rede.

Além disso, é importante mencionar que qualquer indivíduo que se responsabilize pela instalação do equipamento precisa ter conhecimento sobre as normas utilizadas, para garantir que tudo funcionará corretamente e o fluxo de informações não será afetado.

Escolha o tamanho certo

Antes de iniciar a montagem do painel é preciso escolher o tamanho ideal para a sua empresa. Existem diversos modelos disponíveis no mercado e a relação custo-benefício se dará, em grande parte, pela definição desse detalhe.

Para saber qual a quantidade de portas que vai atender bem às necessidades do projeto, é importante levar em consideração 3 aspectos:

  • quantidade de pontos de rede atualmente utilizada;
  • tempo de duração esperada do investimento;
  • previsão de expansão da rede ao longo desse tempo.

Instale no local correto

Lembra o que dissemos sobre ter o conhecimento das normas? A escolha do local para a instalação do patch panel precisa seguir a Norma EIA/TIA 568. Ela orienta que esse tipo de equipamento deve ser sempre instalado nos TCs (armários de telecomunicações).

O cumprimento dessa norma é fundamental para garantir que outros profissionais que precisem acessá-lo futuramente consigam encontrá-lo com facilidade. Além disso, essa prática deixa a estrutura de redes mais organizada.

Monte o patch panel e deixe as unidades de rede prontas

Na hora de montar o rack, certifique-se de que os componentes do cabeamento estruturado acompanhem a sua altura, tendo uma variação em Us, sendo 1 U = 44 mm e a largura de 19.

A primeira etapa do processo consiste na montagem de um cabo RJ-45. Sendo assim, conecte os computadores no espelho fixo e, posteriormente, conecte um patchcord do espelho até a parte de trás do patch panel.

É muito importante ressaltar que, nesse momento, é preciso ter bastante cuidado com a identificação e organização correta dos cabos. Afinal, é isso que vai garantir a segurança nas ligações e a proteção que o switch precisa.

Faça as conexões para os switches

Por fim, na parte da frente do equipamento é preciso realizar as conexões para os switches sempre em forma de cascata, para preservar a integridade dos cabos e fios. Lembrando que durante todas as etapas do processo é necessário seguir as normas de instalação e jamais fazer adaptações (“gambiarras”) ou experimentações.

São equipamentos sensíveis que podem ser danificados com uma simples conexão equivocada. Então, melhor não arriscar, não é mesmo? Agora, basta escolher quais portas serão utilizadas e deixá-las ativadas.

Como vimos neste artigo sobre o que é patch panel, a sua utilização é essencial para manter a integridade e a segurança de uma rede, seja ela grande ou pequena. Portanto, não deixe a sua desprotegida! Conte com os equipamentos corretos e fique atento às melhores práticas para o gerenciamento de redes.

Fonte e credibilidade: https://blog.plugmais.com.br/o-que-e-um-patch-panel/