USB – Instalação residencial de tomadas USB

usb

 

Instalação residencial de tomadas USB

A cada dia que se passa é possível se ver os avanços na eletrônica, aparelhos cada vez menores e mais poderosos que levamos conosco para todos os lugares.

Estes aparelhos necessitam de uma bateria, havendo uma barreira em sua evolução, os cientistas estão tentando desenvolver uma bateria que fuja do padrão feito de lítio.

É muito fácil acharmos baterias descarregadas por ai, mas quando vamos coloca-los para carregar nem sempre achamos uma tomada ou o carregador do dispositivo disponível.

Uma alternativa é o cabo USB, já que a maioria dos dispositivos fornecem este cabo. No entanto para o uso deste cabo teremos de ir atrás de um computador para plugá-lo.

Mas com estas novas tomadas esta busca não será mais necessária.

  1. Vantagens de possuir uma tomada USB
  • Ao carregar por uma tomada USB você tem uma economia maior que os carregadores comuns, além disso, carrega mais rápido se comparado ao portal USB do computador.
  • A maioria dos carregadores carrega apenas um equipamento por vez, com uma corrente de 1000mA, já a tomada USB é de no mínimo um par (2 entradas) com uma corrente de no mínimo 1500mA.
  • Tendo a tomada USB dispensa o carregador tradicional e o computador, além disso, são mais leves e mais fácil de serem transportados.
  • O modulo do USB é bivolt, ou seja, qualquer tomada pode ser utilizada.
  1. Como fazer a instalação das tomadas USB.

A instalação de uma tomada USB não é diferente de uma tomada qualquer, já que os fabricantes tentam manter os mesmos padrões.

Passo a passo de como fazer a instalação de uma tomada USB:

  • Desligue a chave geral, evitando-se acidentes elétricos.
  • Faça a retirada da tomada antiga.
  • Faça o encaixe da tomada USB.
  • Caso necessário corte as pontas do fio para refazer a decapagem, desencape aproximadamente 6 mm.
  • Observe as instruções do fabricante, em geral vem assinalada onde é a fase e o neutro na parte posterior, isso claro, se for monofásico. Caso seja bifásica não há diferenciação, mas verifique se é mesmo duas fases. Observe também o pino terra do dispositivo.

 

Fonte e credibilidade: http://www.portaleletricista.com.br/usb/